6 dicas incríveis de decoração para quarto de adolescentes

É…o tempo passa e as crianças crescem, não é verdade? Quando se tornam mais velhas ficam cheias de atitude, vontades e opiniões próprias. Com a decoração do quarto de adolescentes não seria diferente. Por isso é importante ouvi-los antes de transformar o cantinho deles, geralmente antes ocupados por temas infantis.

Antes de começar o projeto, tenha em mente que a adolescência é um período de mudanças constantes. Isso se reflete o tempo todo nas atitudes destes jovens, não tão maduros, mas também não tão ingênuos quanto antes.

Para que você não erre, preparamos 6 dicas incríveis de decoração para quarto de adolescentes. Elas irão servir de inspiração e também como um guia para você saber o que observar antes de começar a decorar este ambiente. Confira!

1. Conforto: o quarto do adolescente é o seu refúgio

Tornar o ambiente aconchegante e o mais pessoal possível é a tarefa de quem for decorar o quarto de adolescentes, pois é lá que eles passam a maior parte do dia. Ao mesmo tempo, é necessário considerar uma área para estudos, com um bom projeto de iluminação, ou que aproveite a luz natural do quarto.

Não menos importante, lembre-se de reservar um lugar para que ele receba os amigos. Se você não sabe por onde começar, a orientação de uma consultoria online em design de interiores pode ser o ponto de partida.

quarto adolescente

2. Mobiliário: quarto de adolescente também deve ter espaço para os amigos

Com a adolescência, chegam também os programas noturnos, e é muito comum que os amigos e primos passem o fim de semana “acampados” uns nas casas dos outros. Prepare o quarto para estas situações pensando em lugares extras para acomodar os convidados.

Nesse sentido, vale a pena investir em móveis funcionais, e, caso o espaço seja realmente reduzido, opte por verticalizar a orientação dos mesmos. Isso significa utilizar um beliche, ou pensar em um quarto com móveis planejados.

Para ambientes pequenos, considere um mezanino com cama estilo tatame, que deixa um espaço livre na área abaixo dela, podendo, assim, acomodar mais pessoas. Esse tipo de solução é adequada também para quartos habitados por mais de uma pessoa, pois permite uma organização versátil com mais uma ou duas camas, dependendo da área.

Ainda em relação ao mobiliário, vale lembrar que o ideal é que  ele seja versátil a ponto de acompanhar o crescimento do habitante do quarto. A cama tatame, que citamos acima, é uma boa opção porque conforme o jovem vai crescendo, basta trocar o colchão, uma vez que a estrutura do móvel permite essa ação.

quarto adolescente

quarto adolescente

 

3. Organização: crie espaços de armazenamento

Ainda levando-se em conta a verticalização, aproveite a altura do quarto para criar espaços de armazenamento, ganhando, assim, mais áreas úteis. Se a organização não for o forte do jovem que usa o quarto, procure decorá-lo com armários suspensos e com portas. O uso de nichos pode ser arriscado por deixar objetos a mostra.

Existe no mercado uma série de produtos com boas soluções para quem precisa criar espaço de armazenamento na hora de decorar um quarto de adolescentes. Uma delas é a cama box com baú, que pode servir para guardar objetos grandes e com pouco uso, como malas, livros ou roupas de cama mais pesadas.

Pensar em um projeto de mobiliário planejado, principalmente de armários, é ideal para aproveitar todas as possibilidades que o ambiente oferece. Se o espaço for pequeno, prefira móveis que não contrastem tanto com as paredes. Esse truque disfarça o volume e cria a sensação de que o quarto é muito mais amplo.

quarto adolescente quarto adolescente

4. Quartos temáticos: traduza os gostos pessoais e os hobbies por meio da decoração

Nessa fase da vida é comum que os adolescentes tenham hobbies e gostem de se expressar através deles. Por isso, aproveite para dar destaque ou até mesmo para usar o passatempo como o tema da decoração.

Assim, se ele é mais intelectual, que tal criar um cantinho de leitura? Ou então reservar um espaço para expor o instrumento musical preferido, se ele gosta de tocar. A ambientação do quarto pode, ainda, partir da paixão do adolescente por esportes. Temas como skate, surf e futebol rendem boas ideias.

Essa é uma forma de incentivar as atividades que dão prazer ao jovem. O ponto de atenção nesse tipo de decoração é tomar cuidado para ela não ficar datada ou exagerada. Por isso, o ideal é destacar o tema com fotos e objetos pontuais ao longo do quarto. Vale usar pôsteres, objetos que representem o tema escolhido.

quarto adolescente quarto adolescente

5. Paleta de cores: base neutra para acompanhar as mudanças do jovem

A adolescência é uma fase de mudanças na vida de uma pessoa. Na hora de escolher a cor de base do quarto, opte por cores neutras. Elas não comprometerão futuras mudanças de mobiliário. Mas não é por esse motivo que as cores precisam ser “sem graça”.

Tons de cinza, por exemplo, são neutros, elegantes, ousados e atemporais, além de combinarem com uma série de temas. É possível também utilizar as cores complementares para dar destaque a objetos como almofadas ou criar pontos de cor pelo quarto. A combinação com cores básicas permite um belo contraste.

quarto adolescente quarto adolescente

6. Pouco espaço: dicas para decorar um quarto pequeno

Pouco espaço não significa que o ambiente não possa ser bem decorado. Nesse caso, é preciso observar, principalmente, a dimensão dos móveis. Soluções criativas e multifuncionais como nichos e estantes compactas aproveitam a extensão da parede.

Espelhos são peças curinga que ampliam o ambiente. Experimente aplicá-los em toda a extensão de uma parede, ou instalar o espelho no armário, que, por sua vez, deve ter portas de correr para facilitar a circulação no quarto.

quarto adolescente quarto adolescente

A casa é um ambiente mutável que se transforma de acordo com as vidas dos moradores. Um bom projeto de decoração, elaborado por profissionais, garante soluções duradouras e versáteis. Dessa forma, evita-se um ambiente monótono e engessado.

Se você curtiu essas dicas sobre como decorar quarto de adolescentes e quer manter-se atualizada sobre o universo da decoração, não deixe de nos seguir no Facebook e no Instagram!

About The Author

Maria Tereza Ribeiro Madeira

Co-fundadora do site Arquiteta Responde, especialista em Sistema Tecnológico e Sustentabilidade no Ambiente Construído pela UFMG. Sócia do escritório, Solum Arquitetura, em Belo Horizonte desde 2013.

Leave A Response

* Denotes Required Field