Nos últimos tempos, os imóveis têm ficado cada vez menores, não é mesmo? E, nesse cenário, muitos pensam que decorar os ambientes de uma maneira que aproveite o espaço sem sobrecarregá-lo é algo impossível. Mas isso não é verdade!

O banheiro é um desses cômodos que estão cada vez menores. Mas, com algumas ideias simples, é possível ter tudo lindo e organizado, além de uma impressão de amplitude.

Pensando nisso, montamos este artigo com 10 dicas para decorar um banheiro pequeno. Continue a leitura e confira!

1. Opte por portas de correr

Seja para as portas do armário ou até mesmo as do box, o ideal para driblar as dificuldades do banheiro pequeno é optar pelas portas de correr. Ao contrário das portas pivotantes, elas correm em trilhos, economizando centímetros preciosos.

Se possível, use-as também na entrada do ambiente. Além de trazer um ar moderno, você ganhará espaço para um cesto de roupas, um gabinete maior ou, até mesmo, um item decorativo, por exemplo.

2. Abuse dos espelhos

Você já deve ter ouvido por aí que os espelhos são capazes de “ampliar” os ambientes, não é mesmo? Isso acontece porque eles refletem não só o cômodo, mas também a luz que incide no espaço, dando a impressão de que ele é maior do que parece.

No banheiro, você pode usá-los em toda a dimensão da parede, em pequenos elementos (como as portas do gabinete) ou em peças como bandejas e vasos. Uma ideia legal é investir em espelhos com armários, unindo estética e função num só item. Vale a pena!

3. Não bloqueie o campo de visão

Outra forma de tirar a sensação de sufoco e aperto, muitas vezes causada por lugares pequenos, é não bloquear o campo de visão. Tal impressão pode ser causada por cortinas, móveis muito robustos ou elementos de cores vibrantes.

Para impedir que isso aconteça, procure peças transparentes, como as de vidro ou acrílico, e evite as que ocupem grandes espaços, como vasos de plantas muito grandes. O box também deve permitir a visão do chuveiro — isso é essencial para alongar o espaço.

4. Invista nas prateleiras

O espaço vertical, na maioria das vezes, é desperdiçado. Assim, um local que poderia servir para armazenar alguns objetos e itens de higiene fica vazio, enquanto o armário fica entulhado, colaborando para a desorganização do ambiente.

Uma maneira de aproveitar esses locais livres é instalar prateleiras. Elas podem ser colocadas sobre o vaso sanitário ou, até mesmo, sob a pia (se não houver o gabinete). Além de ajudarem a guardar toalhas, perfumes e outros itens, tais recursos também servem como elementos decorativos. Não tem como errar!

5. Considere uma pia de canto

Além das medidas pequenas, muitas vezes as disposições dos elementos que compõem o banheiro não são as melhores. Desse modo, buscar por soluções para manter uma boa circulação e ter tudo arrumadinho é fundamental.

E uma dessas alternativas pode ser a pia de canto, que é ideal para aquele espacinho que, aparentemente, não serviria para nada. Sem contar que fica super charmosa, mas não deixa de ser funcional.

6. Use cores claras

Os tons mais claros, como branco e off-white, também são fortes aliados na hora de trazer a sensação de amplitude. Assim como os espelhos, tais cores ajudam na reflexão da luz e, por isso, são ótimas para espaços pequenos.

Você pode usá-las na tinta que recobre as paredes e o teto, nos revestimentos, no armário, nas porcelanas e, até mesmo, nas peças de decoração. O segredo para não deixar o ambiente monocromático e sem graça é investir nos matizes mais fortes em pequenos detalhes.

7. Pendure plantas no teto

Uma casa com plantas é mais bonita, com muito mais vida, mais qualidade de vida e bem-estar. Isso porque, além de decorarem, elas purificam o ar e nos transmitem a sensação de calma e tranquilidade.

No banheiro, esses itens também têm vez. Para não comprometer o conforto do cômodo com grandes vasos, o ideal é pendurá-los do teto, por meio de pequenas correntes ou cordões em macramê. Lembre-se apenas de plantar espécies que aguentam grandes níveis de umidade, como aspidistra e asplênio.

8. Substitua os frascos comerciais

De nada adianta ter tudo em seu devido lugar sem aperto se você se esquecer dos pequenos detalhes que complementam e elevam o ambiente a outro patamar. Substitua, por exemplo, os frascos comerciais de seus produtos de higiene, com logos e rótulos chamativos.

Para trazer um ar mais clean e contribuir para um banheiro mais arrumado, coloque esses itens em frascos iguais (facilmente encontrados no mercado). Você pode colocá-los sobre uma bandeja ou em prateleiras. O resultado é impressionante!

9. Tenha nichos embutidos

Seguindo a mesma linha dos frascos comerciais, outra coisa que sobrecarrega e colabora para a bagunça do banheiro são os suportes para shampoos, sabonetes e outros itens que ficam na área do chuveiro.

A melhor e mais elegante maneira de ter esses objetos organizados são os nichos embutidos. Trata-se de nada mais do que pequenos espaços na parede do chuveiro: são seguros, de fácil limpeza e ficam incríveis!

10. Não se esqueça da iluminação

A iluminação é capaz de transformar qualquer ambiente. Usando esse recurso corretamente, é possível ressaltar elementos arquitetônicos ou obras do espaço, promover o relaxamento e, também, fazer com que o banheiro pareça maior.

O ideal é pensar na iluminação em camadas: uma fonte central, para iluminação geral; uma fonte de tarefa, para ações como escovar os dentes ou se maquiar; uma fonte direcional, para destacar algum item. Escolha luzes de cor quente se quiser ficar mais serena e as mais frias quando precisar dar atenção a algo específico.

O banheiro deixou de ser o simples cômodo onde nos limpamos: ele também se tornou um ambiente para relaxarmos e entrarmos em sintonia conosco. Para isso, deixá-lo aconchegante e organizado, com personalidade e estilo, é crucial.

Esperamos que nossas dicas para decorar um banheiro pequeno sejam úteis e motivacionais na sua casa. Agora que você já sabe como lidar com esse cômodo, que tal aprender como superar o desafio de decorar outros ambientes de dimensões também pequenas?


Rejanedrumond
Rejanedrumond

Apaixonada pela criatividade, pela beleza nas pequenas coisas e pela alegria que move a vida. Acredita que a arquitetura é feita para melhorar a vida das pessoas, seja pelo prazer de estar em uma casa bonita, na praticidade de usar um espaço bem pensado ou na proteção e conforto de uma edificação.

Leave a Reply

Your email address will not be published.