O espaço de um apartamento pequeno pode ser um desafio na hora de decorar. Mas é preciso levar em conta que cada vez mais esse tipo de imóvel tem se tornado comum, uma vez que existe uma supervalorização do metro quadrado.

Por isso, muitas pessoas que vão comprar ou alugar um imóvel novo desse tipo, encontram espaços reduzidos. Tanto é que aqueles conhecidos como studios estão cada vez mais populares.

Essa tendência vinda de fora, de países como Estados Unidos, está dominando a arquitetura brasileira. Tudo porque houve uma grande mudança no estilo de vida contemporâneo, além de aspectos culturais e econômicos.

Nos grandes centros, como em São Paulo, por exemplo, esses imóveis estão sendo construídos em locais estratégicos para facilitar a vida dos profissionais. Mas o grande obstáculo aparece na hora de decorá-los.

Muitas pessoas têm dúvidas sobre como valorizar espaços tão pequenos, sem deixar de lado a praticidade e também o conforto.

Pensando nisso, escrevemos este artigo que traz algumas dicas para mobiliar apartamentos pequenos, prezando pelo conforto, beleza e praticidade. Também vamos falar sobre as vantagens para quem escolhe esse tipo de imóvel.

Vantagens dos apartamentos pequenos

O conceito em voga atualmente é o de ambientes compactos, por isso, quem considera morar em apartamentos pequenos terá muita facilidade em encontrá-los em muitos pontos da cidade.

A única preocupação nesse momento é saber decorar do jeito certo, uma vez que espaços pequenos requerem uma quantidade menor de mobília e outras necessidades como calafetagem.

Além deste, diversos outros fatores levaram as pessoas a optarem por espaços menores, e dentre os principais estão:

  • Situação financeira;
  • Preferência;
  • Decoração;
  • Praticidade;
  • Conforto.

Independentemente de qual seja a razão que leva uma pessoa a procurar esse tipo de moradia, ela traz muitas vantagens, como:

Organização fácil

Em espaços reduzidos, o morador deve ficar apenas com aquilo que realmente lhe é útil, dentre imóveis, objetos e outros pertences. Essa dispensa de apego facilita para que os ambientes sejam mais organizados.

Portanto, sem acúmulo de coisas, o espaço fica melhor para circular e também a organização se torna mais prática. E se a organização é fácil, a faxina é ainda mais.

Conforto e acolhimento

Por causa da intimidade que proporciona, um apartamento pequeno é muito mais acolhedor e confortável. 

Além disso, é possível causar uma sensação de amplitude nos ambientes, se o morador pesquisar por preço de espelho.

Os espelhos trazem essa impressão de que o ambiente é maior. Mesmo assim, é possível facilitar a conexão com outros moradores e visitas.

Cada canto do imóvel pode mostrar bem a personalidade de quem vive lá. Além disso, estimula que os moradores convivam mais e aprendam a lidar uns com os outros.

Menos móveis necessários

Apartamentos pequenos têm uma atmosfera mais íntima, acolhedora e confortável, isso porque neles não é possível acumular móveis e acessórios.

Mesmo assim, a ocupação dos espaços precisa ser planejada e organizada, para impedir a superlotação dos ambientes disponíveis.

Além de não prejudicar o cotidiano, o morador economiza muito dinheiro, pois não precisa preencher muitos espaços ou espaços muito grandes.

De qualquer forma, todos os cômodos devem ser bem organizados com móveis práticos, usando, por exemplo, persiana rolo.

Decoração mais barata

Imóveis pequenos não precisam acomodar uma grande quantidade de coisas, então toda a decoração se torna mais limitada. Por isso, cada aquisição deve ser bem planejada e pensada, para não desvalorizar os espaços.

Portanto, menos itens significam menos gastos, além do fato de que cada peça tem uma representatividade maior dos gostos e personalidade do morador.

E para quem não abre mão de um pouco luxo, por não precisar comprar muita coisa, pode investir em peças diferenciadas e até exclusivas. Mas antes de começar a decorar, é importante se atentar a algumas dicas.

Dicas para decorar apartamentos pequenos

Existem alguns itens, como chuveiro elétrico que não deixam dúvidas. Basta apenas saber a voltagem correta do imóvel e comprar aquele que esteja dentro das suas possibilidades. 

Mas em relação à decoração em si, muitas dúvidas podem surgir. Por isso, as principais dicas são:

Não agir por impulso

É fundamental planejar para aproveitar cada centímetro disponível dentro do seu imóvel. 

Portanto, antes de comprar qualquer coisa, é importante planejar e conhecer bem o tamanho de cada espaço. 

Somente dessa maneira é possível conquistar uma decoração elegante, confortável e prática.

Integrar os ambientes

A integração entre os cômodos é uma tendência, porém mais do que isso é uma necessidade em apartamentos pequenos. 

Um exemplo disso são salas integradas à cozinha, uma maneira inteligente de fazer isso.

Esses cômodos ajudam na interação dos moradores e também das visitas, quando acontece algum tipo de reunião no imóvel.

Uma boa dica para decorar esses espaços é usar móveis que pertençam aos dois ambientes. 

Por exemplo, cadeiras no balcão que divide a sala da cozinha, ou biombos que dividem a sala do quarto.

Avaliar os eletrodomésticos

Os projetos arquitetônicos de apartamentos pequenos exigem eletrodomésticos pequenos para a composição dos ambientes. 

Portanto, usar fogão em outro espaço da cozinha porque ele é muito grande para caber no local indicado é um grave erro.

Escolher algo que caiba em cada espaço delimitado é fundamental para que os cômodos não se tornem bagunçados e desconfortáveis. 

Uma boa dica para isso é usar os cooktops, fornos de embutir, máquinas de lavar com secadoras, etc.

Imóveis 2 em 1 sob medida

A multifuncionalidade é algo que atende muito bem às necessidades de espaços reduzidos. 

Exemplo disso são sofás que se transformam em camas, que além de muito confortáveis são ideais para apartamentos muito pequenos e que não possuem sala ou quarto.

Outros exemplos desses móveis são:

  • Cama com baú;
  • Mesas de centro com espaço interno;
  • Beliches;
  • Mesas dobráveis.

Móveis que assumem outras funções, além de economizarem espaço deixam os cômodos muito mais organizados. 

Mas nem sempre é fácil comprá-los pronto, ou nem sempre possuem as medidas adequadas para o espaço.

Os móveis sob medida têm essa vantagem, pois são feitos especialmente para o espaço que o cômodo disponibiliza.

Posicionar corretamente os móveis

Em imóveis menores, é muito comum que alguns problemas aconteçam, como interruptores escondidos atrás do guarda roupa, porta que bate no pé da cama. Enfim, situações que devem ser evitada para que o apartamento seja mais confortável.

Por exemplo, uma estante mal localizada pode prejudicar que cabos e fios da TV e outros equipamentos fiquem embolados ou que não cheguem até a tomada.

Para evitar isso, um bom design de interiores pode ajudar quanto à disposição dos móveis. Mas a melhor dica é apostar nos ambientes planejados. Principalmente na cozinha e quarto, esses móveis são pensados para organizar e facilitar os cômodos.

Dessa forma, esses problemas não acontecem e o apartamento se torna muito mais prático e organizado para o dia a dia.

Espelhos como elementos estratégicos

Os espelhos são excelentes objetos decorativos para dar uma sensação de amplitude a imóveis muito pequenos. 

A principal dica aqui é usá-los sempre em uma parede que reflita espaços neutros, como corredores, sacadas e outro espaço do próprio ambiente.

Nunca use o espelho em uma parede que possa refletir ambientes como o banheiro. Além disso, use divisória de banheiro para separar vaso de chuveiro, por exemplo. Caso não tenha espaço para box, essa é uma boa opção.

Valorizar linhas horizontais e verticais

Apartamentos pequenos devem ter seus espaços valorizados tanto na horizontal quanto na vertical. 

Por exemplo, ambientes com pé-direito baixo ganham amplitude quando aproveitados verticalmente.

Além disso, é importante apostar em tonalidades claras para que o efeito seja ainda mais harmônico.

Já em relação às linhas verticais, elas podem ser usadas para causar um efeito aconchegante, principalmente em espaços com pé-direito alto. Dessa forma, é interessante usar objetos decorativos como tapetes e móveis.

Investir em iluminação

Por fim, é importante pensar na iluminação com muito cuidado, isso porque ela é importante na composição de cada cômodo. 

O uso de luminárias e abajures é muito bem vindo, além de lâmpadas embutidas em forro de gesso.  

Para que a iluminação fique perfeita, o ideal é uso de lâmpadas de led e que destaquem cada detalhe da decoração.

Conclusão

Os apartamentos pequenos são muito vantajosos na hora de decorar, organizar e até mesmo limpar, já que gastos com mão de obra especializada, como limpeza de piso de madeira pode sair muito mais em conta em espaços reduzidos.

A dúvida na hora de pensar na decoração é normal, mas, mesmo assim, com algumas dicas vale muito a pena optar por esse tipo de moradia. Ela vai trazer muito mais conforto e praticidade para o dia a dia dos moradores.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


Rejanedrumond
Rejanedrumond

Apaixonada pela criatividade, pela beleza nas pequenas coisas e pela alegria que move a vida. Acredita que a arquitetura é feita para melhorar a vida das pessoas, seja pelo prazer de estar em uma casa bonita, na praticidade de usar um espaço bem pensado ou na proteção e conforto de uma edificação.

Leave a Reply

Your email address will not be published.