Os tapetes são elementos que ajudam a incrementar a decoração dos ambientes. Entretanto, muitas pessoas têm dúvidas sobre como escolher esse item de decoração.

Versáteis, eles podem ajudar a delimitar espaços, integrar o mobiliário ou ser o ponto principal da decoração.

Alguns aspectos devem ser levados em consideração antes de definir o tapete. Com as dicas a seguir, descubra como escolher o mais adequado para sua sala!

Verificar o tamanho da sala

Antes de sair às compras, verifique a dimensão da sua sala. Meça os móveis e o espaço ao redor deles para que você consiga definir o tamanho ideal do tapete.

Existem várias formas de posicioná-lo, mas é fundamental que os móveis fiquem totalmente, ou pelo menos uma parte, em cima dele. Ou seja, ele deve ficar entre 20 e 30 centímetros embaixo dos móveis. Assim, você evita que as pessoas tropecem e também que o tapete dobre ou enrole.

Tente definir medidas básicas para que seja mais fácil encontrar a peça nas lojas. Medidas especiais encarecem esses produtos e são mais difíceis de encontrar.

Outra dica é usar uma fita adesiva antiderrapante entre o tapete e o piso, evitando que ele deslize e que você precise reposicioná-lo com frequência.

Definir o estilo da decoração

O tapete deve estar em sintonia com o restante do ambiente. Em uma sala com estilo sóbrio, escolha uma opção produzido em material mais clássico, como a lã e o algodão, e em tons neutros, que completam o recinto.

Por outro lado, tapetes podem ser um ponto focal da sala, comportando-se como uma obra de arte. Os persas vão bem em ambientes formais, enquanto as composições de estampas e os geométricos trazem um tom descontraído para salas com decoração moderna.

Analisar as cores adequadas

Como escolher o tapete para sala sem pensar em coloração? Impossível! A peça pode servir para trazer mais aconchego e unidade para a decoração e, quando esse for o objetivo, deve-se optar por tons neutros e textura macia. Se o tapete for o ponto principal da decoração, ele pode ter cores parecidas com outros elementos, trazendo harmonia para o espaço.

Para salas pequenas, o ideal é trabalhar com cores claras, que dão a sensação de amplitude. Da mesma forma, cores escuras são mais indicadas para salas amplas, podendo trazer uma impressão intimista e acolhedora.

Entretanto, hoje em dia os tapetes possuem uma infinidade de cores e formatos, possibilitando que você brinque com essa variedade. Por isso, o uso de sobreposições é uma grande tendência.

Observar a variedade de materiais

A lã é um material muito utilizado na fabricação do produto, uma vez que aceita bem a tintura e possui alta durabilidade. Assim surgem os conhecidos tapetes felpudos, amplamente usados em salas de TV. Porém, o objeto possui um custo elevado. Se você busca tapetes em conta, procure pelos os sintéticos ou de poliéster, que têm textura agradável.

Para os alérgicos, é recomendado o uso dos produzidos em fibras sintéticas ou em couro. Os mais conhecidos são os tapetes de sisal, de cor neutra e textura característica. Já os de couro podem vir tanto em patchworks neutros quanto em animal prints, sendo essa última modalidade conhecida pela sua personalidade.

E então, gostou do texto? Trouxemos nele várias dicas sobre como escolher o tapete para sala. Se quer receber mais conteúdos como este, assine a nossa Newsletter e aprenda tudo que precisa saber sobre decoração!


Maria Tereza Ribeiro Madeira
Maria Tereza Ribeiro Madeira

Co-fundadora do site Arquiteta Responde, especialista em Sistema Tecnológico e Sustentabilidade no Ambiente Construído pela UFMG. Sócia do escritório, Solum Arquitetura, em Belo Horizonte desde 2013.

Leave a Reply

Your email address will not be published.