O vídeo mostra o trabalho de uma escola no município Capela Nova onde os alunos implementaram o filtro biológico em residências rurais. O cuidado e a preocupação com a água não deve estar somente no meio rural, sempre que possível devemos implementar técnicas que minimizam o impacto ambiental.

Os dados sobre saneamento, principalmente no Brasil, não são nada animadores, somente 29% das cidades brasileiras contam com algum sistema de tratamento de esgoto (IBGE, 2011). Porém, soluções baratas e sustentáveis já estão disponíveis para todos. Para ter água limpa nas casas é necessário muito investimento e esforço, por isso não devemos tratar a água com tanto desdem.

A água fortemente contaminada, aquela usada nos vasos sanitários, chama-se água negra. Já o restante, usada no banho e pias é denominada de água cinza. É essa água cinza que pode ser tratada por meio do filtro biológico. O filtro biológico é um sistema simples, fácil de implementar e barato. Basicamente são tanques ligados entre si com plantas aquáticas, pedras e areia. Simples assim! Quem imaginou que poderia limpar a água da sua casa  deixando seu jardim mais bonito?

Como funciona o filtro biológico?

A água que sai, por exemplo, do chuveiro passa primeiro por um tanque contendo areia, brita de diversos tamanhos e carvão. O segundo tanque usa-se as plantas aquáticas com raízes filtrantes. À medida que a água passa pelos tanques, por gravidade, é filtrada pelas pedras porosas, e gradativamente purificada pela ação biológica de microorganismos e plantas que digerem os nutrientes que estão em excesso na água. O terceiro tanque ainda terá areia brita e carvão para continuar a purificação. Por fim, constrói-se um quarto tanque de devolução da água para a natureza. A água volta para o ambiente praticamente limpa, porém não é potável. Seu uso poderá ser para formação de lagoas artificiais, irrigação de jardins ou outro usos que não tenha consumo humano.

03

Grande tanque com plantas aquáticas
Photo Credit: Yoav Lerman via Compfight cc


Rejanedrumond
Rejanedrumond

Apaixonada pela criatividade, pela beleza nas pequenas coisas e pela alegria que move a vida. Acredita que a arquitetura é feita para melhorar a vida das pessoas, seja pelo prazer de estar em uma casa bonita, na praticidade de usar um espaço bem pensado ou na proteção e conforto de uma edificação.

Leave a Reply

Your email address will not be published.