A maioria das pessoas, ainda hoje, acredita que contratar um arquiteto é algo restrito a poucas classes sociais, quase como um artigo luxuoso. Isso porque, muitas vezes, a arquitetura não é compreendida em toda a sua amplitude, que vai desde um grande projeto detalhado até um acompanhamento de obras ou uma consultoria de arquitetura.

Cada serviço dentro da profissão aborda suas necessidades de forma diferente, o que representa uma grande otimização do seu tempo e, principalmente, dos seus recursos financeiros disponíveis para a obra ou reforma. Além disso, o arquiteto é o profissional responsável por traduzir a sua personalidade ao seu ambiente da melhor forma possível.

Quer descobrir mais sobre como essa modalidade pode facilitar a sua vida? Confira neste post!

Qual a diferença entre projeto e consultoria de arquitetura?

Um projeto completo de arquitetura é composto por uma série de etapas sucessivas, nas quais as complexidades aumentam de acordo com o andamento do processo. As etapas são:

  • levantamento: é o momento de busca e registro de todas as informações do terreno ou da edificação;
  • anteprojeto: é o estudo de viabilidade de uma obra, que será submetido à aprovação do cliente. Inclui plantas, cortes, fachadas e memorial justificativo;
  • projeto executivo: é a definição geral, incluindo projetos complementares de estruturas, instalações etc. São apresentados os dados necessários para a realização dos serviços inerentes à obra. Além dos documentos presentes no anteprojeto, deve conter também detalhamentos, especificações, orçamento e listas de materiais;
  • projeto construído ou as built: é a revisão final, após a construção, de todos os documentos do projeto executivo, contendo todas as possíveis alterações.

Por outro lado, a consultoria de arquitetura é mais simples. É o serviço ideal, caso você pretenda fazer alterações menos complexas ou que não necessitem de um projeto completo.

Nesse caso, o que você contrata é uma orientação de algumas horas com o arquiteto, para que ele possa tirar dúvidas em decisões vitais para a concretização do seu empreendimento.

Em quais áreas uma consultoria é mais útil?

É possível contratar uma consultoria técnica em praticamente qualquer fase da sua construção ou reforma. Existem, no entanto, algumas fases decisivas onde é mais comum haver dúvidas sobre quais as soluções mais práticas para determinado problema.

Compra de terrenos ou imóveis

É mais comumente realizada no próprio local a ser analisado. Contratar uma consultoria nessa fase de decisão significa que o profissional vai, de acordo com as necessidades e expectativas do cliente, enumerar os prós e os contras de comprar determinado terreno ou imóvel.

Por mais que o cliente seja atencioso ao analisar as possibilidades, os olhos do arquiteto podem perceber detalhes que farão toda a diferença durante a execução da obra ou durante a ocupação. Assim, o futuro morador pode escolher qual imóvel lhe atenderá melhor e poderá investir com mais segurança.

Estudo de viabilidade

Está profundamente ligado à prévia existência do terreno ou imóvel. Pode ser contratado também juntamente ao processo de aquisição anteriormente mencionado. Tem como objetivo especificar as possibilidades de uso do local em análise, de acordo com os objetivos do proprietário.

No caso dos terrenos, o estudo de viabilidade faz um levantamento técnico e combina os dados às leis de zoneamento da cidade ou região, verificando o potencial construtivo de acordo com o uso pretendido. A partir dessas informações, é possível até mesmo estimar os custos da obra.

Já para os imóveis construídos, são verificadas as possibilidades de uso permitidas, também segundo as leis municipais, e quais as melhores formas de adequar a edificação às necessidades do cliente.

Para grandes empreendimentos, tanto em terrenos ou em edificações prontas, é necessário verificar se a infraestrutura do entorno vai atender, por exemplo, à demanda de circulação de pedestres e veículos ou às necessidades de determinados equipamentos públicos, como supermercados e farmácias.

Questões legais

Essa modalidade de consultoria lida mais comumente com a parte de legalização de obras nos órgãos públicos, como a Prefeitura. O arquiteto verifica com exatidão a documentação necessária e faz a solicitação dos processos mais comuns — como regularização de imóveis, viabilidade de usos ou ampliações, aprovação de projetos as built, autorização de ocupação, dentre outros.

Análise de conforto ambiental

A consultoria em conforto ambiental abrange vários objetos de estudo: edificações públicas ou privadas, terrenos, condomínios. É voltada para a adequação a critérios de clima, de desenvolvimento sustentável e de certificações ambientais.

Para edifícios residenciais, construídos ou não, a importância de contratar esse serviço está em conhecer o comportamento climático da região. Assim, é possível tirar partido das características ambientais para aquecimento ou resfriamento passivos (isto é, que não utilizam eletricidade), aproveitamento de iluminação e ventilação naturais, dentre outros.

Com relação a edifícios públicos, desde 2009 já é obrigatória a certificação ambiental do Programa Nacional de Conservação da Energia Elétrica (PROCEL) juntamente ao Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO).

Essa certificação analisa três aspectos principais de uma edificação: o desempenho térmico da envoltória, a eficiência do projeto de iluminação e a utilização de máquinas e sistemas de condicionamento de ar.

A consultoria em conforto ambiental é a que mais exige especialidade do arquiteto, pois são necessárias autorizações e certificações específicas dos órgãos competentes para ser um consultor.

Mesmo as certificações ainda não sendo obrigatórias para edificações residenciais, adequar-se a essas exigências significa obter economias em médio e longo prazo, além da valorização do empreendimento.

Arquitetura de interiores

É a consultoria mais comumente contratada. Pode ou não ser realizada no local que necessita de intervenção. Nesse caso, o arquiteto tem como função fornecer orientações para composição da decoração do imóvel, considerando os gostos pessoais dos clientes, as tendências arquitetônicas, a praticidade e a funcionalidade dos espaços.

Também pode ser feita à distância. Para isso, o cliente deve fornecer os desenhos com as medidas do espaço e fotos, de forma que, mesmo na impossibilidade de visita ao local, o arquiteto poderá conhecer o máximo possível do imóvel e só então fazer suas sugestões.

Acompanhamento em lojas

É uma atividade profundamente ligada à consultoria de arquitetura de interiores. Também é mais indicado que sejam ambas feitas pelo mesmo profissional.

O acompanhamento em lojas é realizado de forma mais segura e eficiente quando o cliente e o arquiteto estão juntos. Assim, as compras de mobiliário, materiais, revestimentos, louças, metais e objetos decorativos são feitas nas quantidades e especificações corretas, de acordo com o planejamento preestabelecido, evitando desperdício de dinheiro e retrabalhos.

Qual a diferença de custos entre projeto e consultoria?

Devido aos diferentes níveis de complexidade das atividades, a contratação de um projeto completo sempre será mais onerosa, pois envolve várias fases e extensas responsabilidades técnicas.

O valor de uma consultoria normalmente depende do valor que o arquiteto cobra por hora de trabalho. É uma forma, para o arquiteto, de disponibilizar ao cliente a orientação correta para mudanças simples e, para o cliente, de verificar se o modo de trabalhar daquele profissional se adequa às suas expectativas.

Muitas vezes, essa primeira experiência é, mais tarde, convertida na contratação de um projeto completo.

O Arquiteta Responde oferece um excelente serviço de consultoria de arquitetura online a um preço ótimo, para que você possa tirar, com profissionais competentes. Para saber mais sobre nossos serviços, entre em contato conosco!


Maria Tereza Ribeiro Madeira
Maria Tereza Ribeiro Madeira

Co-fundadora do site Arquiteta Responde, especialista em Sistema Tecnológico e Sustentabilidade no Ambiente Construído pela UFMG. Sócia do escritório, Solum Arquitetura, em Belo Horizonte desde 2013.

Leave a Reply

Your email address will not be published.