A decoração é algo muito importante para o bem-estar e o dia a dia dos moradores de um imóvel. E em alguns ambientes, como o quarto, ela é ainda mais importante.

Isso porque é nesse local que as pessoas relaxam depois de um longo dia, além de ser o ambiente mais íntimo e privativo de uma casa.

As pessoas não usam o quarto apenas para dormir, mas também é o melhor local para se distanciar de uma rotina cansativa, e ter sossego e tranquilidade.

Por conta disso, esse ambiente pode ser considerado um verdadeiro santuário, um espaço seguro e longe das preocupações.

É nele que as pessoas passam boa parte do tempo, descansando e se preparando para o dia seguinte. 

Por isso, cada quarto é único, e deve ser pensado de acordo com a personalidade do morador.

Para isso, suas particularidades devem ser levadas em conta, bem como as suas necessidades. Isso torna o ambiente mais aconchegante, possibilitando um momento de descanso apropriado.

Para a decoração desse cômodo, podem ser encontradas muitas opções. Mas antes de escolher, é necessário um bom planejamento financeiro, além de estar por dentro das tendências.

E é sobre esse tema que abordaremos nesse artigo. Acompanhe a leitura.

Importância do planejamento financeiro

Antes de fazer qualquer coisa que envolva um investimento financeiro, como decorar um quarto, é importante se planejar e se organizar.

A maneira como lidamos com o dinheiro é determinante para a qualidade de vida, e também para que possamos alcançar nossos objetivos.

Um bom planejamento também evita um desequilíbrio financeiro provocado por dívidas que podem causar prejuízos pessoais. 

Por isso, as principais dicas para um bom planejamento financeiro são:

Fazer orçamentos

Quando o assunto é decoração, obras e reformas, as opções são muitas, tanto em materiais, quanto em fornecedores. 

É possível, por exemplo, encontrar uma infinidade de lojas de piso laminado branco.

Muitas vezes, é comum encontrar exatamente o mesmo piso, da mesma cor, mesmo material e mesma qualidade muito mais em conta em uma loja, do que em outra. 

Agir por impulso pode fazer com que você pague mais caro por algo que está em promoção em outro estabelecimento.

A internet facilita muito na hora de fazer orçamento. Isso porque, no próprio site das lojas de móveis, materiais de construção, etc, é possível encontrar preços e condições de pagamento. 

Você não precisa nem sair de casa para fazer um bom orçamento.

Tenha uma reserva financeira

Hoje em dia, as pessoas têm acesso a muitas formas de pagamento, como boletos, cartões de crédito, e podem até conseguir empréstimos para que possam reformar, construir e decorar.

No entanto, essas opções podem levar a um endividamento que só vai trazer dor de cabeça. É claro que, em situações emergenciais, essas podem ser boas saídas, mas, caso contrário, devem ser evitadas.

Por exemplo, antes de instalar telas de segurança, é importante ter uma reserva financeira para evitar gastos desnecessários. 

O ideal é reservar em uma poupança ou aplicação uma parte dos ganhos mensais.

Uma boa estratégia pode ser a organização 50/30/20. 

Neste tipo de planejamento, a pessoa utiliza 50% de seu rendimento para despesas essenciais, como aluguel, conta de luz e água; 30% pode ser utilizado para despesas supérfluas, e 20% fica reservado para a decoração do quarto.

Essa organização permite que você tenha uma reserva financeira suficiente para fazer a decoração que você deseja. 

Mesmo assim, é importante salientar que é necessário paciência para chegar ao objetivo.

E tendo em mente essas estratégias para se organizar financeiramente, é hora de conferir as dicas de decoração para o seu quarto.

Dicas de decoração para quartos

Independentemente de você estar construindo um imóvel ou não, ou se você simplesmente quer mudar a decoração desse ambiente, é importante ter em mente algumas ideias que podem te ajudar. E dentre as principais estão:

1 – Faça uma planta detalhada

Antes de decorar, é importante ter em mente as medidas do quarto, assim como você precisa de medidas para instalar vidro temperado kit janela tietê, por exemplo.

Por isso, tire as medidas do cômodo e faça uma planta baixa no local em escala, usando papel quadriculado. 

Em seguida, marque o local da porta, incluindo a direção para onde ela se abre, além de janelas, luminárias e posição das tomadas.

Também é importante marcar a profundidade dos armários embutidos, se houver. Isso porque é fundamental entender as dimensões do quarto detalhadamente para fazer um bom projeto. 

Esse mapa ajudará a planejar a posição dos móveis que você vai usar.

2 – Encontre a melhor cama

Quarto só é quarto quando tem cama, e sabendo as medidas do quarto, fica mais fácil escolher. 

E por ser um móvel de descanso, a cama deve ser escolhida com cuidado.

Além de escolher aquele modelo que combine com o adesivo de parede infantil feminino que você vai usar, é importante que ela tenha tudo a ver com sua realidade. Isso porque é possível encontrar:

  • Cama de solteiro (18×88 cm);
  • Viúvo (200×120 cm);
  • Casal (188 x 138 cm);
  • Queen (198 x 158 cm);
  • King Size (203 x 193 cm).

Sendo assim, é imprescindível que você escolha o modelo que esteja de acordo com o tamanho do quarto, sua realidade pessoal e sua realidade financeira.

3 – Defina a armazenagem

Todo quarto precisa ter um local certo para armazenar roupas, sapatos e outros objetos pessoais. E dentre as principais opções para esta organização estão:

  • Baús;
  • Guarda-roupas;
  • Cômodas;
  • Estantes;
  • Armários.

É claro que, em um ambiente pequeno, não cabem todos esses móveis. Por isso, a orientação é escolher aquele que mais se adapte às suas necessidades. 

Também é importante analisar a quantidade de coisas que você precisa guardar.

Outra dica é apostar nos móveis planejados ou sob medida. Estes móveis valorizam o ambiente sem ocupar muito espaço, e permitem mais organização.

4 – Posicionamento dos móveis

Depois de escolher os móveis do quarto, é importante saber posicioná-los. Por exemplo, se você quer colocar na parede um adesivo que imprimiu em uma impressão vinil adesivo, não vai querer escondê-lo.

Por isso, a primeira coisa a se pensar é onde vai ficar a cama, e uma boa dica é colocá-la próxima a parede maior. 

Também é importante deixar janelas e interruptores livres, além de permitir que a porta abra e feche completamente.

Na hora de posicionar guarda-roupas e cômodas, é fundamental prestar muita atenção a tomadas e interruptores. 

É comum ver pessoas que precisam colocar a mão atrás do guarda-roupa para acender a luz. Além de ficar visualmente estranho, dificulta e muito, acabando por se tornar uma tarefa necessária.

Se você também vai fazer do seu quarto um escritório para trabalhos e estudos, é importante que mesas e cadeira giratória em polipropileno sejam dispostas de modo a possibilitar a circulação dentro do ambiente.

5 – Planeje a iluminação

Assim como em qualquer outro ambiente, a iluminação é muito importante nos quartos. Por isso, é importante pensar no tipo de luminária e que tipo de luz que serão usados.

Da mesma forma, é importante que o quarto conte com mais de um ponto de iluminação, sendo que você pode usar uma luz pontual e uma mais próxima da cabeceira da cama, por exemplo.

A luz de cabeceira não pode ser forte demais, porque isso pode impedir que o ambiente fique mais aconchegante para relaxar. 

Por isso, use luminárias difusas como plafon, e abajures com cúpula de tecido.

6 – Ventilação e temperatura

Alguns materiais, como aço e madeira, ajudam a manter um equilíbrio na temperatura do quarto. 

Eles evitam aquela sensação desagradável de calor em excesso ou frio demais, que podem surgir quando estamos dormindo.

Por isso, naturalmente, o quarto precisa de uma janela que possa ser aberta diariamente para melhorar a circulação do ar, equilibrando a temperatura, também evitando problemas como umidade e mofo.

Além da janela, é recomendável contar com algum equipamento, como ventiladores de teto ou ar condicionado. 

Se você escolher o ar condicionado, lembre-se de que é importante que ele seja instalado por um profissional da área.

Além disso, se você estiver construindo o imóvel e pensar em instalar esse equipamento, procure por caixa de luz preço para encontrar aquela que suporte a carga exigida por todos os equipamentos elétricos do seu quarto.

Conclusão

Com um pouco de organização financeira e estando por dentro de algumas dicas básicas, fica muito mais fácil decorar o quarto de um jeito assertivo.

Ele precisa ser bem pensado, para que você desfrute de muito conforto e bem-estar no ambiente que vai te ajudar a se refazer para um novo dia. Tão confortável que você nem vai querer sair mais dele.

Se preferir, você também pode contar com um bom design de interiores para te ajudar a alcançar o quarto dos seus sonhos.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Portal da arquitetura, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre casa e construção.


Rejanedrumond
Rejanedrumond

Apaixonada pela criatividade, pela beleza nas pequenas coisas e pela alegria que move a vida. Acredita que a arquitetura é feita para melhorar a vida das pessoas, seja pelo prazer de estar em uma casa bonita, na praticidade de usar um espaço bem pensado ou na proteção e conforto de uma edificação.

Leave a Reply

Your email address will not be published.