Ter um espaço gourmet em casa, como uma extensão da cozinha ou da sala de estar, é uma boa maneira de organizar a sua residência para a recepção de convidados. Afinal de contas, o ambiente pode acolher mesas de jantar e, até mesmo, churrasqueiras.

Hoje em dia, considera-se que esse espaço oferece melhores equipamentos para cozinhar, beber e comer, em relação à uma cozinha tradicional, especialmente quando nos referimos aos apartamentos.

Por esse motivo, é comum que muitas pessoas busquem por uma empresa de reforma e construção na hora de elaborar a área gourmet, para tornar a residência muito mais receptiva e aconchegante.

No caso das casas, isso pode ser feito com o aproveitamento dos espaços abertos. Já nos apartamentos, o fechamento das varandas e sacadas, por exemplo, é uma alternativa recorrente para otimizar a área.

No artigo de hoje, mostraremos 4 dicas para decorar o espaço gourmet da sua casa e ter um ambiente sofisticado, moderno e aconchegante. Acompanhe a leitura!

1 – Espaço bonito, porém funcional

Quando pensamos em uma área gourmet, logo nos vem à cabeça um espaço extremamente bonito, para ganhar os olhos dos visitantes.

No entanto, embora seja fundamental escolher os materiais certos para a aparência agradável do local, também é preciso priorizar a funcionalidade, ainda mais quando estamos lidando com imóveis menores (como apartamentos).

Por essa razão, recomenda-se entrar em contato com uma empresa de engenharia de avaliações para verificar a melhor maneira de aproveitar todo o local, seja com a instalação de móveis planejados, bem como na organização da mobília.

Por vezes, mesmo encontrando ótimos acessórios para compor a área gourmet, acabamos escolhendo artigos que podem comprometer a passagem das pessoas e não oferecer o conforto necessário, só por não ser funcional.

Daí a importância de verificar com exatidão todas as especificações do ambiente.

A dica é priorizar os móveis planejados, uma vez que eles são confeccionados exatamente para aquele espaço, aproveitando os mínimos centímetros, além de levar em consideração os principais usos dos moradores.

Por exemplo, quando se encomenda uma mesa de ilha com banquinhos no mesmo ambiente, é preciso escolher móveis que não atrapalhem o cozinheiro durante o preparo das refeições, bem como bancos ergonômicos, para que todos fiquem confortáveis.

2 – Verifique as questões de segurança

Outro ponto extremamente importante na construção ou reforma de um espaço gourmet diz respeito à segurança. Por exemplo, quando feito em áreas abertas, vale verificar a necessidade de impermeabilização de caixa d água e laje, para evitar vazamentos.

No caso de apartamentos, principalmente com sacadas fechadas, não se pode esquecer da questão da ventilação, uma vez que a fumaça das refeições pode causar muito desconforto aos moradores e visitantes.

Por isso, recomenda-se a instalação de coifas em áreas gourmet, tanto em casas quanto apartamentos, pois o equipamento é capaz de “sugar” a fumaça, evitando que ela se espalhe para o interior do imóvel.

Ao mesmo tempo, vale a pena ter um pouco mais de atenção ao quadro de comando eletrico do espaço gourmet, para que ele seja instalado em um local com devida proteção, reduzindo as possibilidades de um curto-circuito.

Por fim, se a área gourmet for próxima a uma piscina, ofurô ou chuveirão, é importante que o piso escolhido seja antiderrapante. Dessa forma, evita-se a ocorrência de acidentes, como escorregões, principalmente de crianças e idosos.

Em alguns casos, vale a pena investir em uma sinalização de segurança, informando os usuários de como se proteger enquanto se divertem. Assim, todos se mantêm seguros!

3 – Encontre uma decoração personalizada

A decoração é um dos aspectos mais difíceis de escolher da sua área gourmet. Afinal de contas, com a grande quantidade de revestimentos disponíveis e os mais diversos materiais, é confuso optar por um estilo.

É por esse motivo que muitas pessoas buscam pela ajuda de uma empresa de paisagismo para sugerir as melhores plantas para o espaço. Além disso, um bom arquiteto irá recomendar alguns ornamentos que combinam muito bem com espaços gourmet.

Entre algumas das opções, destacam-se:

  • Instalação de jardins verticais;
  • Uso de bloquetes para facilitar a limpeza;
  • Paredes de “tijolos à mostra” para um ar mais rústico;
  • Aplicação de piso laminado antiderrapante;
  • Entre outros.

Vale ressaltar que a escolha dos materiais também dependerá fundamentalmente do orçamento disponível para investimento. Inclusive, os arquitetos também levam isso em consideração para propor os melhores produtos, conforme o custo-benefício.

Uma dica é falar um pouco sobre você, revelando seus gostos e preferências. Desse modo, os profissionais têm uma ideia melhor sobre você e podem sugerir uma decoração que se adapta ao seu estilo.

Por exemplo, para quem gosta de algo mais rústico, industrial e moderno, o uso de azulejos diferenciados, com ilustrações retrô pode ser uma boa. No entanto, para os mais clássicos, o emprego de revestimentos portugueses, por exemplo, é mais apropriado.

4 – Veja o que incomoda os vizinhos

Essa dica é muito relevante para quem mora em apartamentos ou casas geminadas em condomínios fechados. Afinal de contas, além de verificar todos os aspectos de funcionalidade, conforto e segurança, também é preciso respeitar as regras do local.

Em alguns condomínios, antes de iniciar uma construção de área, é necessário requisitar algumas autorizações, principalmente quando há o aumento do espaço construído na unidade habitacional.

Nesses casos, é preciso contar com a presença de um engenheiro civil ou arquiteto certificado para assinatura de atestado de responsabilidade técnica (ART), devidamente credenciado no CREA ou CAU da sua cidade.

Além de todas essas regras, também é preciso optar por alguns materiais inteligentes, que irão promover o conforto dos moradores, mas sem atrapalhar o convívio com os vizinhos.

Os painéis acústicos são ótimos exemplos. Eles podem ser instalados na sua área gourmet para evitar que o som vaze. 

Dessa maneira, mesmo durante um encontro noturno com os amigos, não é preciso se preocupar com a famosa “lei do silêncio” nos condomínios.

A mesma situação vale para as telhas-sanduíche. Elas são ótimos isolantes acústicos, por esse motivo, não deixam que o som vaze para os apartamentos ou casas vizinhas.

Isso evita muita indisposição com as outras pessoas, bem como as multas condominiais.

Bônus: escolha o melhor equipamento para cozinhar

Um espaço gourmet pode ser o local ideal para recepcionar os convidados, mas ele é principalmente uma área para cozinhar.

Portanto, a ideia é que desde lá do portão de garagem de correr, já se possa sentir o aroma agradável de uma refeição, já que as comidas e bebidas são capazes de construir várias afetividades e memórias.

Por esse motivo, é importante saber qual equipamento é o melhor para a sua área gourmet: uma churrasqueira, fogão a lenha ou industrial. Caso o ambiente seja mais espaçoso, pode até optar por mais de um item, dependendo do planejamento.

Quem não dispensa um bom churrasco, não dá para planejar uma área gourmet sem a churrasqueira. Ainda que o seu imóvel não tenha uma estrutura de chaminé e não possa ter um modelo a carvão, é possível encontrar churrasqueiras que acendem a gás.

Essa opção torna a sua área gourmet muito mais atrativa, sem perder o churrasco e, além disso, com um equipamento moderno, versátil e fácil de limpar.

Mas para quem gosta de uma boa pizza, vale a pena verificar a possibilidade de instalação de um pequeno forno a lenha.

O equipamento é capaz de conferir um aspecto rústico diferenciado ao ambiente e, além das pizzas, é excelente para a cocção de calzones, massas, carnes e muitos outros pratos.

Mesmo com pouco espaço, é possível encontrar modelos portáteis, que não precisam consumir toda a sua área gourmet.

Por essa razão, vale a pena fazer uma busca nos diferentes equipamentos de cozinha que podem ser instalados no seu espaço, sem esquecer das suas preferências pessoais e da racionalização do ambiente.

Conclusão

Ter um espaço gourmet é o sonho de muitas pessoas. Ainda mais para quem adora receber visitas em casa e não dispensa um bom encontro entre amigos.

No entanto, planejar essa área não é tão simples quanto parece, já que é preciso pensar nos mínimos detalhes, para ter um ambiente funcional, agradável e esteticamente bonito.

O artigo de hoje buscou trazer algumas dicas de como investir na construção do seu espaço gourmet. Entretanto, é válido buscar por uma empresa de engenharia e arquitetura especializada, para fazer todo o planejamento e organização do local.

Dessa forma, é possível ter um espaço gourmet totalmente planejado, adaptado para o uso dos moradores e aproveitando todos os centímetros disponíveis. 

Para quem mora em casas ou apartamentos menores, isso é ainda mais importante, visto que é preciso realmente otimizar todos os ambientes. Mas vale muito a pena ter um espaço gourmet para chamar de seu!

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


Rejanedrumond
Rejanedrumond

Apaixonada pela criatividade, pela beleza nas pequenas coisas e pela alegria que move a vida. Acredita que a arquitetura é feita para melhorar a vida das pessoas, seja pelo prazer de estar em uma casa bonita, na praticidade de usar um espaço bem pensado ou na proteção e conforto de uma edificação.

Leave a Reply

Your email address will not be published.